Sobre Hub 2015/2017

Enquadramento Projeto HUB 2015/2017

A Associação Integralar (PortugalFoods) foi constituída com a visão estratégica de ser o parceiro de referência da fileira agroalimentar, para que seja reconhecido no palco nacional pela eficiência da sua intervenção e no palco internacional pela qualidade da sua abordagem.
A missão da PortugalFoods perfila-se assim com o compromisso de reforçar a competitividade das empresas do setor agroalimentar através do aumento do seu índice tecnológico, promovendo a produção, transferência, aplicação e valorização do conhecimento orientado para a inovação, bem como promover a internacionalização das empresas do setor através da sua capacitação para a internacionalização e na identificação e captação de oportunidades.
Deste modo, para o cumprimento da missão que materializa a sua visão, a PortugalFoods definiu os seguintes objetivos estratégicos para o triénio 2015-2017:

• Impulsionar a aplicação prática do “conhecimento” através da promoção da transferência ativa desse conhecimento, identificando as competências chave nas instituições do sistema científico nacional e internacional, e captando-o, trabalhando-o e adaptando-o à linguagem e às necessidades das empresas;
• Funcionar como um Observatório Nacional e Internacional, produzindo relatórios à medida das necessidades do Associado em específico e da Fileira em geral e, assim, estimular a inovação;
• Instituir uma verdadeira mentalidade de Fileira, através da promoção do diálogo e cooperação entre os diversos atores públicos e privados, reforçando as sinergias para a competitividade estratégica e criando vantagens competitivas que assegurem a sustentabilidade das empresas e potenciação do negócio;
• Promover a internacionalização das empresas do setor agroalimentar através de um suporte ativo, seja na sua capacitação para a internacionalização, seja pela identificação e captação de oportunidades através do Business Intelligence um ambiente favorável à criação e desenvolvimento de novas empresas de base tecnológica, assim como o emprego científico e altamente qualificado;
• Reforçar e desenvolver um ambiente favorável à criação e desenvolvimento de novas empresas de base tecnológica, assim como o emprego científico e altamente qualificado.

Deste modo, o Projeto “PortugalFoods – Internacionalização do Setor Agroalimentar 2015/2017”, cujo período de aplicação medeia entre 17 de setembro de 2015 e 16 de setembro de 2017 tem como principal objetivo fortalecer a vocação internacional do setor agroalimentar português, aumentar as atividades exportadoras das empresas nacionais e o conhecimento internacional da oferta portuguesa, essencialmente por via da implementação de processos organizados e coletivos de informação e capacitação das empresas, da sua mobilização em torno de HUB’s (High Unic Brand) e redes e da promoção do setor e da marca “PortugalFoods” de forma integrada.
Tais objetivos são desenhados e suportados por uma das prioridades da estratégia coletiva de suporte à internacionalização do setor agroalimentar (2012-2017), descrito no documento Portugal Excepcional – Estratégia de Internacionalização do Setor Agro-alimentar 2012-2017, onde se procura “alinhar a oferta nacional às reais necessidades de um mercado global pela reorganização dos modelos de negócio”.

Assim sendo, procura-se proporcionar condições para que as empresas trabalhem mais em rede, ganhem dimensão e, com isto, sejam mais competitivas nos mercados externos. A criação de grupos de interesse, denominados de HUB  e a sua dinamização no sentido de juntar as empresas à volta de produtos comuns ou necessidades/ oportunidades a satisfazer/ alcançar, será uma alavanca para que cooperem e criem massa crítica para responder, com mais força, aos desafios da internacionalização.

O Projeto PortugalFoods HUB – Internacionalização do setor agroalimentar 2015/2017 foi aprovado no âmbito de uma candidatura submetida ao Aviso Nº 02/SIAC/2015, tendo sido atribuído o número de projeto 12.791 e é financiado pelo COMPETE2020, Portugal2020 e União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com um investimento elegível aprovado de 836.679,30€ e um financiamento aprovado de 711.177,41€.

Precisa de nos contactar?

Por favor preencha o formulário. Todos os campos são obrigatórios..

Tecmaia – Parque de Ciência e Tecnologia da Maia
Rua Eng.º Frederico Ulrich, 2650
4470-605 Moreira da Maia, Portugal